Quatro utentes e três funcionárias do Lar das Vergieiras, pertencente à Santa Casa da Misericórdia da Marinha Grande, testaram positivo ao novo coronavírus

 

 

A informação foi confirmada junto do provedor da Santa Casa, João Pereira, segundo o qual o primeiro caso foi detetado na última sexta feira, 23 de outubro, quando uma utente se sentiu mal e foi levada para o Hospital. "Fizeram-lhe o teste e deu positivo. Testámos de imediato toda a gente, utentes e funcionárias, e detetámos mais três utentes infetados e três funcionárias". Segundo o provedor, os utentes estão em quarentena dentro das instalações do Lar, numa área reservada, e as funcionárias estão em quarentena nas suas habitações.

O provedor adiantou ainda ao Jornal da Marinha Grande que poderá haver mais um caso positivo entre as funcionárias, já que uma delas está com febre, mas o resultado apenas será conhecido amanhã.

Segundo João Pereira, "o surto está controlado", tendo sido tomadas todas as medidas necessárias.

O provedor referiu ainda que o vírus terá 'entrado' através de uma das funcionárias, já que não há visitas aos utentes.

 

e-max.it: your social media marketing partner