O concelho da Marinha Grande registou nas últimas horas um novo caso de infeção por COVID-19 e 14 recuperações, o que fez baixar o número de casos ativos para 115, menos 13 que no dia anterior

 

Segundo o relatório emitido esta terça feira pela Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, há agora na Marinha Grande um total de 1834 infetados desde o início da pandemia, 1673 pessoas recuperadas e 46 vítimas mortais.

 

Segundo a Direção Geral da Saúde, a Marinha Grande registou 293 novos casos de COVID-19 por 100 mil habitantes, entre os dias 10 e 23 de março, sendo o concelho com maior incidência da doença no distrito de Leiria, e um dos dois com risco elevado de contágio (> 240 casos/100 mil habitantes), a par com Figueiró dos Vinhos.

Quanto ao distrito, e olhando para o relatório da Proteção Civil, há registo de 20 novos casos de infeção (25906 no total); há 24766 recuperações, mais 25 nas últimas horas; há mais 1 vítima mortal, em Alvaiázere, o que fez subir para 764 o total de vítimas mortais; e há 376 casos ativos de infeção, menos 6 que no dia anterior.

Os novos casos foram registados em Ansião (4), Figueiró dos Vinhos, Leiria e Porto de Mós (3 cada), Alvaiázere e Peniche (2 cada), e Marinha Grande, Pombal e Bombarral (1 cada).

Já as recuperações ocorreram na Marinha Grande (14), Caldas da Rainha (5), Figueiró dos Vinhos e Pombal (2 cada), e Pedrogão Grande, Batalha, Leiria e Alcobaça (1 cada).

No que respeita aos casos ativos, a Marinha Grande continua a ser o concelho com o maior número de casos, são agora 115, seguida de Leiria com 81.

Os restantes concelhos estão abaixo da meia centena de infeções ativas: Peniche (48), Caldas da Rainha (33), Alcobaça (18), Pombal (17), Bombarral (15), Porto de Mós (14), Batalha (10), Figueiró dos Vinhos (7), Nazaré e Óbidos (6 cada), Ansião (4), e Alvaiázere (2).

De referir ainda que os concelhos de Castanheira de Pera e Pedrogão Grande não têm casos ativos de infeção pelo novo coronavírus.

e-max.it: your social media marketing partner