Um golo de Sérgio Letra, já no período de compensação, garantiu três pontos ao ID Vieirense.

O jogo começou equilibrado, e com as equipas a deixarem correr o tempo e a não arriscarem em demasia. Seguia o jogo neste ritmo, quando aos 21 min., e depois de uma série de ressaltos dentro da área do Alvaiázere, Júlio Gomes a ser mais esclarecido que todos os outros, e com um remate colocado inaugura o marcador. Podia-se pensar que a partir daqui o jogo ganharia outro interesse, puro engano, e até ao intervalo apenas um bom remate de João Paz, para defesa de Bruno Valente para canto, merece destaque.

A segunda parte começa praticamente com o golo do Alvaiázere. Gonçalo Pimenta (um dos melhores em campo), aproveita a enorme passividade da defesa do Vieirense e na cara de Makê faz o empate. A partir daqui o Vieirense procurou reagir, mas apesar de dominar, ia encontrando pela frente uma equipa do Alvaiazére que procurava baixar o ritmo do jogo e que ia jogando com o relógio. Assim, as oportunidades de golo escassearam, e só aos 84 min., Héber vai ter um bom trabalho dentro da área do Alvaiázere e permite uma boa defesa a Bruno Valente. Praticamente na resposta, Gonçalo Pimenta vai ter nos pés a ocasião de colocar o Alvaiázere em vantagem e depois de um grande jogada individual, já na cara de Makê, acaba por rematar ligeiramente para fora. E é já com o jogo em período de compensação e depois de uma enorme confusão na área do Alvaiázere, que Sérgio Letra aproveita e com um remate colocado dá os três pontos à equipa do Vieirense.

Vitória que se aceita da equipa do Vieirense, que num jogo em que esteve longe das boas exibições que tem produzido, acabou por ter a estrelinha do jogo, isto perante uma equipa do Alvaiázere, que se apresentou na Vieira com algumas limitações e fez o jogo possível. Ainda assim, o empate não escandalizaria ninguém.

Quanto à arbitragem de Bruno Santos, ficou a ideia de aos 64 min., ter ficado uma grande penalidade por marcar a favor do Alvaiázere, e foi muito condescendente com as percas de tempo da parte da equipa do Alvaiázere. Arbitragem irregular.

Ficha

ID Vieirense 2 – GD Alvaiázere 1

11ªJornada da Divisão de Honra / Seniores

Estádio Albano Tomé Féteira, em Vieira de Leiria

Árbitro: Bruno Santos

Assistentes: Rafael Marques e João Lopes

Espetadores: 150

ID Vieirense 2: Makê, Alexandre Coelho, César Índio, Bruno Ferreira, Luís Féteira, Sérgio Letra, Héber Pêssego, Gata (Cap.), Júlio Gomes (Ricardo Neto, 84 min.), André Amaro (Diogo Botas, 64 min.), João Paz (Ricardo Lavos, 64 min.)

Não jogaram: Ricardo Policarpo, Léo, Rúben Soares, Renato Botas

Treinador: Bruno Ramusga

GD Alvaiázere: Bruno Valente, Fernando, Renato, Pedro Rafael, André Ramos, Frederico, Gonçalo Pimenta, Keef, André Pilas (Teixeira, 84 min.), Édir, Nuno Lopes

Não Jogaram: João Folhas, Diogo, Castelão, Rui Xavier

Treinador: Tony

Ao Intervalo: 1-0

Marcadores: 1-0 Júlio Gomes (21 min.), 1-1 Gonçalo Pimenta (45 min.), 2-1 Sérgio Letra (90 + 5 min.)

Ação Disciplinar: Amarelo a Frederico (13 min. e 90 min.) Nuno Lopes (46 min.), César Índio (56 min.), Alexandre Coelho (66 min.), Gata (66 min.), Bruno Valente (90 min.). Vermelho por acumulação de amarelos a Fred (90 min.).Vermelho direto a Makê (90 + 5 min.).

e-max.it: your social media marketing partner