O Judo Clube da Marinha Grande (JCMG) está, pelo segundo ano consecutivo no top 10 dos clubes com mais atletas federados do país

 

Segundo as estatísticas da Federação Portuguesa de Judo relativas a 2020, o JCMG ocupa a 8.ª posição no ranking nacional com 259 atletas federados.

Ao nosso jornal, o presidente do JCMG, Rui Barreiros, referiu “que se abriram várias janelas de oportunidades e estes números traduzem a importância que o clube possui”. Já para o professor João Teixeira, “foi com enorme comprometimento que olhámos para a importância do Desporto no atual estado Pandémico, corroborando e desafiando-nos a potenciar este recurso”, considerando que “Desporto é um vetor estruturante multidimensional na capacidade de todos superarmos este enorme desafio causado pela Pandemia através da Educação e Prática Desportiva associada a valores e a cidadania ativa”. Segundo o docente e treinador, “assumimos de forma perentória que neste momento o Desporto afirma-se de importância basilar, projetando-nos de forma reflexiva para a conceção do nosso projeto”.

Perante esta distinção, o JCMG agradece a alunos, familiares, dirigentes e parceiros “pela confiança, capacidade de perseverança e resiliência”.

De referir que o Top 10 dos clubes nacionais de judo com maior número de atletas federados é encabeçado pelo Clube de Judo Hajime, de Lisboa, com 652 federados, seguido da Escola de Judo Ana Hormigo, de Castelo Branco, com 405 judocas federados, e em 3.º lugar está o CCD Montijo, de Setúbal, com 341 atletas federados.

e-max.it: your social media marketing partner