A Guarda Nacional Republicana anunciou hoje, em comunicado, a detenção de oito pessoas, desde a meia noite de ontem, pela prática do crime de desobediência tendo em conta a vigência do Estado de Emergência no país face à pandemia de COVID-19.

Entre os detidos encontra-se, tal como o JMG noticiou ontem, um homem de 44 anos. Trata-se de um pescador que foi interpelado pela GNR de Vieira de Leiria por estar a pescar, tendo sido advertido de que não o deveria fazer.

Contudo, o pescador seguiu para São Pedro de Moel, local onde voltou a ser interpelado pelas autoridades, que procederam à sua detenção pela prática do crime de desobediência.

Segundo a GNR, o homem foi constituído arguido e sujeito a Termo de Identidade e Residência.

Em nota de imprensa, a GNR recorda que as medidas de contenção e isolamento podem salvar vidas. O seu objetivo é atrasar o mais possível a propagação do coronavírus, mantendo os hospitais com capacidade de resposta.
 

Por isso, “apela-se à consciência cívica dos cidadãos para permanecer em recolhimento no seu domicílio”.

e-max.it: your social media marketing partner