A Casa 22, localizada no Bairro do Camarnal, na Marinha Grande, recebeu dia 22 de junho os seus primeiros habitantes. Apoiar pessoas sem-abrigo, na sua reabilitação e autonomização, é um dos objetivos do projeto

Dinamizado em parceria pela Câmara Municipal da Marinha Grande e pela Associação Novo Olhar II, o “Projeto de Apoio Social a Pessoas Sem-Abrigo – Casa 22” visa a prestação de apoio social a pessoas sem-abrigo, com vista à melhoria das suas condições de vida, bem como o início do processo de inserção/reinserção social e o acompanhamento técnico dos utentes.

A vereadora da Ação Social do Município, Célia Guerra, congratula-se "com a concretização deste projeto pela possibilidade de dar resposta a pessoas de sem-abrigo, complementada por um trabalho de capacitação, educação, formação e inserção profissional e acesso a cuidados de saúde, com vista à dignificação e reintegração social dessas pessoas”. Segundo a autarca, e para garantir condições de conforto aos utentes, “o Município e a Novo Olhar II realizaram obras de manutenção e conservação, bem como um trabalho dedicado de decoração e embelezamento do espaço”.

Célia Guerra acrescenta que o projeto “resulta também do forte envolvimento da Associação Novo Olhar II, que é um parceiro imprescindível na concretização deste nobre objetivo de assegurarmos condições dignas a pessoas sem-abrigo, durante o processo da sua reabilitação”.

Para a Novo Olhar II o projeto que agora se concretiza era “uma resposta muito esperada, centrada nas pessoas em situação sem-abrigo, por forma a que ninguém tenha de permanecer na rua por ausência de alternativas”. Para Carlo Melo, responsável da instituição, a Casa 22 é “um sonho de 20 anos realizado”.

Não foram reveladas as condições de acesso à habitação nem por quanto tempo podem os utentes lá permanecer, no entanto foram estipuladas e afixadas na Casa 22 algumas regras de funcionamento, entre as quais a proibição de pernoita a pessoas não integradas no projeto, o consumo e venda de substâncias ilícitas, e a posse de armas. É ainda proibida a entrada e permanência de animais e fazer barulho depois das 22 horas.

e-max.it: your social media marketing partner