Colômbia e Peru já manifestaram interesse em conhecer de perto o protótipo, à escala real, da carruagem inovadora desenvolvida por um consórcio de empresas portuguesas que inclui o Grupo Iberomoldes. Até ao final do mês, é possível “embarcar” no modelo, estacionado junto ao Edifício da Resinagem.

A revelação foi feita por Joaquim Menezes, presidente do Grupo Iberomoldes, à margem da cerimónia de inauguração da exposição temporária que este mês se encontra patente no Edifício da Resinagem, na Marinha Grande, inserida na mostra “Esculpir o Aço” – Coleção Visitável do Futuro Museu da Indústria de Moldes.

Até dia 1 de março, o mais antigo grupo ligado à génese da indústria de moldes no concelho e no país, vai dar a conhecer as competências, know-how e tecnologia de ponta do seu universo de empresas, contando, ao mesmo tempo, a história do setor.

Leia a notícia na integra na edição em papel do JMG.

e-max.it: your social media marketing partner