De acordo com o relatório emitido na madrugada desta segunda feira, 11 de janeiro, pela Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, o total de casos desde o início da pandemia subiu assim para 792; não se registaram recuperações, pelo que se mantêm 584 doentes recuperados; e há 22 vítimas mortais da doença a lamentar no concelho da Marinha Grande.

Quanto ao distrito, os números de novos infetados continuam a subir e só nas últimas 24 horas foram registados 307 novos casos, o que fez subir para 11229 o total de infetados.

Registaram-se mais 3 vítimas mortais, 1 em Caldas da Rainha, 1 em Leiria e 1 em Porto de Mós, pelo que agora são 269 os óbitos no distrito atribuídos à COVID-19.

Houve 109 recuperações (7876 no total) e existem 3084 casos ativos da doença, mais 195 que no dia anterior.

O relatório da Comissão Distrital volta a não ter atualizados os números da doença no que respeita aos concelhos do Agrupamento de Centros de Saúde Pinhal Interior Norte.

Assim, nas últimas horas, o maior número de novos casos de infeção ocorreu no concelho de Leiria (72), seguido de Alcobaça (71), Caldas da Rainha (40), Peniche (38), Porto de Mós (23), Batalha (15), Pombal (14), Bombarral e Óbidos (11 cada), Nazaré (7) e Marinha Grande (5).

 

Já as recuperações ocorreram em Leiria (43), Caldas da Rainha (38), Porto de Mós (14), Batalha e Pombal (6 cada), e em Óbidos e Peniche (1 recuperação cada).

No que diz respeito aos casos ativos, o concelho de Leiria continua na frente, com 690 casos ativos, seguido de Alcobaça (548), Caldas da Rainha (347), Pombal (279), Peniche (271), Marinha Grande (186), Óbidos (139) e Porto de Mós (123).

 

Com menos de 100 casos ativos estão apenas os concelhos de Nazaré (77), Batalha (58) e Bombarral (51).

e-max.it: your social media marketing partner