A jovem deputada marinhense Margarida Balseiro Lopes está entre as 117 personalidades, de vários setores da sociedade civil, que subscreveram uma declaração em que se pede aos governos e organizações internacionais que a futura vacina da COVID-19 seja de acesso universal e gratuito e que os laboratórios sejam ressarcidos apenas na medida do seu investimento


Lançada na semana passada, a campanha “Vacina para todos” é a expressão nacional de uma iniciativa de nível mundial do Nobel da Paz Muhammad Yunus que, como refere a deputada marinhense eleita pelo PSD para a Assembleia da República, “lançou o desafio de nos mobilizarmos pela defesa do princípio de que as futuras vacinas de prevenção do coronavírus possam ser um bem comum global de forma a permitir o acesso justo e universal a esse bem”.

António Ramalho Eanes, Joana Marques Vidal, Bagão Félix, D. José Tolentino de Mendonça, Isabel Alçada e Nuno Lobo Antunes são outros dos subscritores do documento.

e-max.it: your social media marketing partner