O Partido Social-Democrata da Marinha Grande não está nada satisfeito com a gestão camarária, repartida por socialistas e comunistas.

 

Assim, o partido liderado por Joaquim João Pereira, que está de saída, pondera rasgar o acordo assinado com o PS local O Partido Socialista da Marinha Grande poderá receber, em breve, uma carta de Joaquim João Pereira a denunciar o acordo político assinado logo após as últimas eleições autárquicas.

Na altura, os dirigentes do PS e PSD sentaram-se à mesa e assinaram, em 21 de outubro de 2013, o denominado "acordo de gestão autárquica".

Leia a notícia na integra na edição em papel do JMG.

e-max.it: your social media marketing partner