A única mulher que ocupa um lugar no executivo camarário da Marinha Grande, no mandato em curso, assume-se como uma pessoa “frontal” e que diz “olhos nos olhos” o que pensa.

Alexandra Dengucho mostra-se satisfeita com o trabalho realizado e assume como bandeira a criação do Parque Pinhal do Rei, em São Pedro de Moel.

Álvaro Pereira acusou-a recentemente, através das redes sociais, e de forma indireta, de criar “focos de instabilidade política”. Como comenta? 

Não comento alegadas acusações formuladas através de redes sociais. Só comento o que me é dito, com frontalidade. E nada me foi dito pelo Sr. Presidente, nesse sentido.

Considera-se um “alvo a abater” pelo PS local?

Eu não me considero um alvo a abater! Nem pelo PS local, nem por ninguém! Considero-me uma pessoa empenhada, trabalhadora, decidida, e que tudo tem feito para melhorar o desempenho da Autarquia no âmbito dos pelouros que me estão confiados. Se isso faz de mim um alvo a abater, terá que perguntar ao PS local.

Como têm sido as suas relações com os eleitos do Partido Socialista? 

Têm sido relações de trabalho, a coberto de um compromisso político assumido pelo PS e pela CDU.

Leia a entrevista na integra na edição em papel do JMG

e-max.it: your social media marketing partner