Índice do artigo

Dois pontos positivos

Maria João Gomes, do Movimento + Concelho, apontou como positiva a iniciativa dos comerciantes que trouxe ao centro tradicional da cidade muito público, e a abertura do Jardim Luís de Camões, recomendando que se faça mais policiamento ao local. A privatização da EGF continua a ser uma preocupação sua, temendo que a água também possa ser privatizada.

Prostituição no Parque

Aurélio Ferreira, do Movimento pela Marinha, lamentou o facto de o Regulamento de Venda Ambulante, que devia estar concluído em 2013, ainda o não estar e fez votos para que a sua conclusão seja breve, para o bem das floristas. Saudou atletas marinhenses, os patinadores de velocidade, e lamentou que os nadadores Filipa Ruivo e André Ruivo tenham que ir treinar para Leiria, por a Piscina Municipal não ter condições, questionando para quando uma piscina na Marinha Grande.
Atribuiu responsabilidades à Câmara pelo acidente ocorrido em S. Pedro de Moel, provocado pela falta de um varandim e lamentou o estado de degradação do Parque Mártires do Colonialismo, apontando diversas situações, vincando que o Salão de Chá, votado ao abandono, tornou-se antro de toxicodependência e prostituição.
Questionou também o Município se recebeu três abaixo assinados de vieirenses, moradores em três ruas da Vila.

Vítor Pereira satisfeito

O vereador Vítor Pereira mostrou-se satisfeito pela realização do Design Center e dos seus resultados, salientando o elevado número de jovens que compareceram e de como as empresas souberam aproveitar o seu potencial.

Casa de Chá vai a concurso

A Casa de Chá do Parque Mártires do Colonialismo vai ser novamente concessionada. E isto porque o concessionário que ganhou o concurso anterior veio a desistir da concessão. A Câmara Municipal vai marcar a data de nova hasta pública.

Bombeiros recebem subsídio

Na sua reunião de 16 de outubro, a Câmara aprovou por maioria a concessão de um subsídio de 52.500 euros à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Marinha Grande, para as despesas com a construção das novas camaratas para os bombeiros.
Tanto António Santos, que tem defendido a construção do novo quartel, como Aurélio Ferreira, mostraram-se satisfeitos com a medida tomada pelo executivo.

e-max.it: your social media marketing partner