“O trabalho que temos pela frente é grande, mas não temos dúvidas que vamos fazer a diferença”. As palavras são de Alexandra Dengucho, cabeça de lista à Câmara da Marinha Grande pela CDU, e foram proferidas na última sexta feira, dia em que foi inaugurada a sede de campanha na Marinha Grande, na Rua Marquês de Pombal, e que serviu também para apresentar todos os candidatos das listas à Assembleia Municipal, Câmara e Assembleia de Freguesia da Marinha Grande.

Com críticas ao Partido Socialista e aos movimentos independentes, MpM e +Concelho, Alexandra Dengucho apelou ao voto, fazendo questão de mostrar a diferença existente entre a candidatura da CDU e as restantes, tanto na qualidade das propostas, como na qualidade dos candidatos, quase todos “com provas dadas” e com “grande experiência no associativismo”.

Alexandra Dengucho prometeu uma Câmara mais virada para o munícipe, caso seja eleita. A candidata quer uma reestruturação dos serviços da autarquia para que esta se abra à população, garantindo que não ficará fechada no seu gabinete e que será “uma presidente todo-o-terreno”.

Inovar na área social e alterar o regulamento de apoio aos clubes e coletividades foram outras das promessas da cabeça de lista da CDU, que vê estas entidades “como parceiros”. “Para o PS os dirigentes associativos são ‘persona non grata’, para a CDU são parceiros privilegiados”, referiu.

Leia a versão integral na edição em papl do JMG.

 

e-max.it: your social media marketing partner