Prevenir quedas e acidentes domésticos, alertar para a importância de praticar exercício físico e levar à adoção de hábitos de vida saudáveis são os principais objetivos do projeto “Marinha sem quedas”, que está a ser dinamizado pela Unidade de Cuidados na Comunidade do Centro de Saúde da Marinha Grande


Na quarta feira passada, dia 20 de março, o JMG foi assistir a uma sessão do projeto “Marinha sem quedas”, que decorre sob o mote “ É urgente prevenir para um envelhecimento ativo e com mais saúde”. Na Biblioteca do Centro de Saúde estavam quatro idosos a escutar atentamente os ensinamentos de Sandra Neves, enfermeira especialista em reabilitação da Unidade de Cuidados na Comunidade e responsável por este projeto “Marinha sem quedas”.

Através da projeção de diapositivos, a profissional deu vários exemplos de que a atividade física traz inúmeras vantagens, aos mais variados níveis, ajudando, por exemplo, os diabéticos a gastar energia levando ao adiamento da toma de medicação ou à alteração da mesma, prevenindo a depressão e melhorando a imagem física de cada um. Por outro lado, passar o dia no sofá, sem fazer nada, pode trazer problemas como obesidade, perda de massa muscular e doenças cardíacas, entre vários outros, que convém evitar, sobretudo quando já se alcançou uma certa idade.

Esta secção do artigo está disponível apenas para os nossos assinantes. Por favor clique aqui para subscrever um plano para ver esta parte do artigo ou então leia o artigo completo na nossa edição em papel.

e-max.it: your social media marketing partner