O executivo da Câmara Municipal da Marinha Grande já aprovou a primeira revisão ao orçamento, que permitirá a incorporação do saldo de gerência de 2016 no montante aproximado de 10 milhões de euros.

O documento passou com os votos favoráveis do PS e do PSD, a abstenção da CDU (Alexandra Dengucho) e do MpM, e o voto contra do +Concelho, na reunião de câmara de 22 de maio, como o JMG noticiou na sua edição anterior.

A proposta de revisão agora aprovada contempla, entre outros investimentos, a aquisição das instalações da antiga Fábrica Mortensen, a requalificação de 10 habitações sociais, a instalação de uma pista de educação rodoviária no Parque da Cerca, a construção de uma Creche no antigo Edifício da Ivima, e a requalificação do Centro de Saúde da Marinha Grande, do Pavilhão Nery Capucho e da Escola Básica Guilherme Stephens.

Leia mais na edição em papel do JMG.

e-max.it: your social media marketing partner