Foi com casa completamente cheia que o Grupo de Teatro do Sport Operário Marinhense levou à cena, na noite da última sexta feira, 28 de abril, no Auditório José Vareda, o espetáculo “Sacode as moscas”, com autoria e encenação de Helena Rocha.

Durante hora e meia foi possível esquecer as preocupações do dia a dia e rir, com vontade, das tiradas de humor que foram uma constante ao longo de todo o espetáculo. Foram caricaturados alguns episódios da vida marinhense quotidiana, desde as infindáveis horas de espera para uma consulta no Centro de Saúde até à travessia, em plena avenida, dos patos, e patinhos, oriundos do Parque Mártires do Colonialismo. Houve ainda referências aos santos populares, ao fado, aos “mortos-vivos” e às amizades “coloridas” nas redes sociais, como forma de nos fazer pensar em alguns comportamentos. Um dos momentos que mais gargalhadas causou na plateia foi o fugaz encontro entre o Marques, aliás, Marquês, e a Baronesa, bem regado com tinto, branco… não interessava, o que interessava mesmo era o copo estar cheio…

Leia mais na edição em papl do JMG.