Foram ainda registados 18 novos casos de infeção (727 desde o início da pandemia). No entanto, há menos 3 casos ativos que no dia anterior, são agora 149, uma vez que se registaram 20 recuperações (totalizando 557).

De acordo com o relatório emitido na madrugada desta quinta feira, dia 7 de janeiro, pela Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, nas últimas 24 horas foram identificados no distrito 208 novos casos, o que fez subir para 10006 o total de infetados; houve 94 recuperações (7465 no total); registaram-se mais 111 casos ativos, são agora 2291; e houve mais 3 mortos, 1 dos quais na Batalha, 1 na Marinha Grande e 1 nas Caldas da Rainha, o que fez subir para 250 o total de vítimas mortais.

Olhando para os gráficos, é possível verificar que o maior número de novos casos ocorreu no concelho de Alcobaça, com 80 infeções, seguindo-se Leiria (47), Caldas da Rainha (30), Marinha Grande (18), Pombal (9), Porto de Mós (7), Peniche (5), Bombarral e Óbidos (4 cada), e Batalha e Nazaré (2 novos casos cada).

Já as recuperações ocorreram em Peniche (22), Marinha Grande (20), Alcobaça (18), Porto de Mós (12), Leiria (9), Bombarral (7), Nazaré (3), Batalha (2) e Pombal (1).

No que diz respeito aos casos ativos, o concelho de Leiria apresenta o maior número e voltou a ultrapassar o meio milhar de infetados, tem agora 531 casos ativos, seguido de Alcobaça (362), Caldas da Rainha (304), Pombal (194), Peniche (161), Marinha Grande (149) e Óbidos (118).

Abaixo da centena de casos ativos estão os concelhos de Porto de Mós (89), Nazaré (46), Batalha (38) e Bombarral (34).

De referir que os dados referentes aos concelhos do Agrupamento de Centros de Saúde Pinhal Interior Norte (Alvaiázere, Ansião, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos e Pedrogão Grande) voltaram a não ser atualizados.

e-max.it: your social media marketing partner