O Rallye Vidreiro Centro Portugal arranca amanhã, sexta feira, e prolonga-se até sábado.

A prova traz ao concelho da Marinha Grande os melhores pilotos nacionais e promete muita adrenalina. O rali integra o calendário do Campeonato Nacional de Ralis e conta ainda para a Taça FPAK de Ralis – Asfalto. A prova trará ainda à região o Challenge DS3 R1. A competição tem início às 17h de sexta feira, dia 24 de junho, e conta com duas passagens pelo troço Farol que tem partida a cerca de 500 metros a norte do Farol do Penedo da Saudade e atravessa depois o Pinhal de Leiria. Para as 21 horas está agendada a super especial, onde os pilotos vão dar espetáculo para milhares de pessoas nas principais artérias da cidade da Marinha Grande. Já no sábado, o rali desloca-se para os concelhos de Leiria e Ourém, voltando depois a São Pedro de Moel. Duas secções que prometem trazer para a estrada muitos fãs do automobilismo e restante população. O parque de estacionamento do Estádio Municipal da Marinha Grande receberá, mais uma vez, o parque de assistência da prova, sendo normalmente um espaço muito visitado por todos os amantes do desporto. José Pedro Fontes, atual campeão nacional de ralis, chegará à Marinha Grande na frente da competição mas à mercê de um “ataque” do antigo campeão nacional, Pedro Meireles, que poderá disputar o Rallye Vidreiro Centro Portugal aos comandos do seu Skoda Fabia R5. Para além do Campeonato Nacional de Ralis, a prova marinhense será também interessante de seguir do ponto de vista do Campeonato Nacional de Duas Rodas Motrizes onde Diogo Gago vai dominando sem grandes percalços. No que toca aos mais jovens pilotos, o Campeonato Nacional Iniciados de Ralis tem na Marinha Grande a sua terceira paragem. Pedro Lago Vieira, em Renault Twingo R2, lidera o campeonato depois de ter vencido as duas primeiras provas da temporada. Quem também vai fazer vibrar o público é o Challenge DS3. Ricardo Sousa e Diogo Soares lideram a tabela do troféu, somando 45 pontos cada, seguidos de longe por Gonçalo Inácio que soma 17,5 pontos. Figueiroa e Cardeira em prova Entre os pilotos locais, o destaque vai para Gonçalo Figueiroa, que recentemente venceu o Vodafone Rali de Portugal entre os clássicos desportivos num Ford Escort RS e também para Rafael Cardeira, Campeão Nacional de RC5, aos comandos de um Renault Twingo R1. “Encaro este regresso ao Nacional de Ralis com naturalidade. O Vidreiro é um rali que me diz muito e é quase impossível ver tudo a acontecer aqui tão perto e não ter vontade de estar lá à partida para competir”, refere Rafael Cardeira. O piloto marinhense adianta que o seu “objetivo principal é terminar a prova para fazer o máximo de quilómetros possíveis com o Twingo R1, não só para aprender e evoluir, mas também para avaliar as reais possibilidades da viatura perante a concorrência”. “Espero adaptar-me de forma rápida ao carro e conseguir um resultado interessante, sempre com a perspetiva que este projeto para o Vidreiro possa vir a ter continuidade ainda esta época”, afirma Rafael Cardeira. Recorde-se que a organização, da responsabilidade do Clube Automóvel da Marinha Grande, voltou a apostar num rali muito semelhante ao da edição de 2015, mas otimizou alguns pontos, de maneira a aumentar a qualidade do espetáculo, sem deixar de manter uma forte aposta na segurança, como tem acontecido em todas as edições. ß


RALLYE VIDREIRO CENTRO DE PORTUGAL - 2015
1ª Etapa – 1ª Secção
PE 01 - Farol 1 – 18,45 Km (17h00)
PE 02 - Farol 2 – 18,45 Km (19h00)
1ª Etapa – 2ª Secção
PE 03 - SUPER ESPECIAL CIDADE DA MARINHA GRANDE - 1,50 Km (20h00)
2ª Etapa – 1ª Secção
PE 04 – Caranguejeira 1 – 7,58 km (11h00)
PE 05 – Espite/Matas 1 – 15,57 km (11h30)
PE 06 – S. Pedro 1 – 15,62 km (12h45)
2ª Etapa – 2ª Secção
PE 07 – Caranguejeira 2 – 7,58 km (15h00)
PE 08 – Espite/Matas 2 – 15,57 km (15h30)
PE 09 – S. Pedro 2 – 15,62 km (16h45)

e-max.it: your social media marketing partner