A Câmara Municipal aprovou na reunião de 18 de janeiro, o projeto de execução para a “Ciclovia do Lis Leiria - Marinha Grande”, no troço localizado no concelho e cuja construção vai representar um investimento de cerca de dois milhões de euros

 

A presidente da Câmara reconhece “a enorme importância deste projeto para a descarbonização do território, tornando-o mais eficiente, sustentável e resiliente face às alterações climáticas, estimulando a população para um modo de vida mais saudável através da mobilidade ativa com a melhoria dos acessos pedonais e cicláveis”.

Cidália Ferreira enaltece “a parceria” entre os dois municípios vizinhos, “na preservação e valorização dos recursos naturais e na conservação e reabilitação da rede hidrográfica e zonas ribeirinhas, através de critérios de salvaguarda, promoção e valorização da biodiversidade com recurso a soluções técnicas de engenharia natural e plantações de vegetação autóctone”.

A concretização do projeto representa um investimento global de 6.601.244,65 euros, dos quais 1.967.180,85 serão suportados pela autarquia marinhense.

De referir que a área de intervenção proposta atravessa a freguesia de Vieira de Leiria, no concelho da Marinha Grande, e freguesias do concelho de Leiria, num total de 24 quilómetros, e que a ciclovia terá início próximo do limite oeste da cidade de Leiria, junto da foz do rio Lena, e término na foz na praia da Vieira.

A proposta de intervenção foca-se na criação de uma ciclovia ao longo das margens do rio Lis, que vai permitir completar a ligação entre os percursos já existentes, em particular a ligação entre o Percurso do Rio Lis, na Vieira, e o Percurso da Foz do Rio Lena, na freguesia de Marrazes e Barosa.

Será ainda criado um corredor verde ao longo da ciclovia, para assegurar o ensombramento necessário ao conforto dos utilizadores e servir de sumidouro de carbono.

e-max.it: your social media marketing partner