Ainda não é este ano que a Feira Nacional de Artesanato e Gastronomia (FAG) da Marinha Grande vai regressar. A Direção da Associação Social Cultural e Desportiva de Casal Galego, que organiza a FAG há 30 anos, aponta o dedo ao Município e ameaça realizar o certame noutro concelho em 2023

 

Em comunicado, a Direção da ASCD Casal Galego recorda que em 2020 e 2021 não foi possível realizar a FAG devido à pandemia de Covid-19, e também porque “os pavilhões do Parque Municipal de Exposições estavam a ser utilizados”, como Centro de Vacinação e Mercado Municipal.

A Direção dá conta dos contactos estabelecidos com o Município, designadamente com a vice-presidente, ainda em 2021, com vista à preparação da FAG. Na ocasião Ana Monteiro terá demonstrado disponibilidade para “em conjunto com a Associação de Casal Galego, fazer uma reflexão sobre o modelo a adotar em 2022, mantendo viva a filosofia da atividade, introduzindo-lhe pressupostos de modernidade, participação alargada ao movimento associativo e uma maior projeção do concelho”.

Foto: Arquivo

Leia a notícia completa na edição desta semana do JMG

e-max.it: your social media marketing partner