Um cidadão marinhense elencou algumas situações de falta de limpeza na Mata Nacional de Leiria que, na sua perspetiva, evidenciam um “flagrante incumprimento” do Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI) da Marinha Grande


Segundo o munícipe, as situações foram reportadas no passado mês de julho à GNR de Leiria, nomeadamente ao Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), para que as situações fossem analisadas e, são se verificassem os incumprimentos, as autoridades levantassem os respetivos autos de contraordenação às entidades responsáveis, nomeadamente ao ICNF e à autarquia marinhense. No entanto, não obteve resposta até ao momento.

Também o nosso jornal solicitou esclarecimentos à GNR sobre as queixas deste cidadão, mas até ao fecho desta edição não obtivemos resposta.

Entretanto, algumas das situações reportadas pelo cidadão foram alvo de intervenções “cirúrgicas” de limpeza de matos na zona da Cova do Lobo e na Escoura.

No relatório enviado à GNR, o munícipe alerta para, entre outras situações, a inexistência da faixa de proteção da rede viária (10 metros para lá da berma), no cruzamentos dos aceiros F e G, junto à estrada municipal 242-1, entre a Marinha Grande e a Vieira; e no aceiro K, na Garcia, deveria existir uma faixa com o mínimo 125m de largura (rede primária) e uma faixa de proteção de aglomerados habitacionais de 50m (rede secundária).

e-max.it: your social media marketing partner