Com as eleições, os grupos de cidadãos eleitores deixam de existir legalmente a partir do dia das votações. Assim, o MpM de Aurélio Ferreira avançou para a criação da AMM - Associação Marinha em Movimento. O objetivo é claro: manter o projeto político a pensar já nas próximas eleições.

Num contexto em que os partidos políticos dominam e os movimentos se extinguem após as eleições locais, surgiu no seio do MpM “a ideia de criar uma associação”. Assim nasceu a AMM, liderada pelo professor António Santos, que “visa pensar o futuro da Marinha Grande”, não só a médio como a longo prazo, em diversas áreas.

“Temos muito em que pensar e temos de lançar pistas para o futuro do concelho”, afirmou o presidente da Associação Marinha em Movimento.
Questionado sobre se a AMM seria uma extensão do MpM, Santos recusou-se a aceitar tal ideia. “Será uma associação cívica, que se debruçará sobre o futuro da Marinha”. Daí que se pretenda “promover debates todos os meses” sobre várias temáticas.

Esta secção do artigo está disponível apenas para os nossos assinantes. Por favor clique aqui para subscrever um plano para ver esta parte do artigo ou então leia o artigo completo na nossa edição em papel.

e-max.it: your social media marketing partner