Apesar da pandemia, os números da reciclagem aumentaram em 2020 nos seis concelhos da área de intervenção da Valorlis, entre os quais a Marinha Grande

Em 2020 foram enviados para reciclagem um total de 13.802 toneladas de resíduos, das quais 5.256 toneladas de vidro, 5.878 toneladas de papel/cartão e 2.688 toneladas de embalagens de plástico e metal.

Segundo a Valorlis, a separação nos ecopontos aumentou 10% face a 2019 em todos os materiais, sendo que a separação nos ecopontos de plástico e metal foi a que registou um crescimento superior (mais 12% que no ano anterior). Seguiu-se uma evolução muito positiva na separação de papel/cartão para reciclagem (mais 11%), ao passo que a reciclagem de vidro cresceu 9%.

O esforço de recolha seletiva nos municípios da área de influência da Valorlis (Batalha, Leiria, Marinha Grande, Ourém, Pombal e Porto de Mós) resultou na poupança de 88 mil árvores, metal que permite fabricar mais de 30 milhões de latas de 0,33 litros, plástico suficiente para produzir mais de 9,8 milhões de t-shirts XL e a quantidade de vidro que permite produzir cerca de 15 milhões de garrafas de 0,75 litros.

e-max.it: your social media marketing partner