O concelho da Marinha Grande regista esta terça feira, 22 de junho, 17 casos ativos de infeção por COVID-19, três dos quais foram detetados nas últimas 24 horas

 

De acordo com o relatório emitido esta madrugada pela Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, a Marinha Grande tem agora um total de 1985 infetados desde o início da pandemia, mantendo-se o número de óbitos sem alterações (47), bem como o número de pessoas recuperadas da doença (1921).

Há uma semana, a Marinha Grande registava um total de 1973 infetados e havia 7 casos ativos da doença.

A nível distrital, nas últimas horas registaram-se 11 novos casos de infeção e 17 recuperações, o que fez baixar para 215 o número de casos ativos, são menos 6 que no dia anterior.

Por concelhos, Leiria continua a ser aquele que reúne o maior número de casos ativos (63), seguido de Caldas da Rainha (35), Alcobaça (29), Pombal (23), Marinha Grande (17), Peniche (14) e Porto de Mós (10).

Seguem-se Óbidos (5), Batalha e Nazaré (4 cada), Ansião (3), Bombarral e Alvaiázere (2 cada), e Castanheira de Pera e Pedrogão Grande (1 cada).

Apenas o concelho de Figueiró dos Vinhos permanece sem casos ativos de infeção pelo novo coronavírus.

Detetados 6 casos positivos na Calazans Duarte

Cesário Silva, diretor do Agrupamento de Escolas Marinha Grande Poente, confirmou ao JMG a deteção, na última semana, de 6 casos positivos de infeção por COVID-19 entre os alunos da Escola Secundária Eng.º Acácio Calazans Duarte.

Por este motivo, houve necessidade de colocar em isolamento profilático três turmas, uma do 12.º ano e duas do 9.º ano de escolaridade.

Segundo o diretor, os alunos do 12.º ano tiveram aulas à distância na quarta, quinta e sexta feiras da semana passada, e os do 9.º ano apenas na quinta e na sexta, tendo todos estes alunos concluído as respetivas atividades letivas no passado dia 18 de junho.

e-max.it: your social media marketing partner