Henrique Neto escreveu na semana passada ao Ministro das Infraestruturas e da Habitação a respeito do investimento na ferrovia

 

O empresário dava conta a Pedro Nuno Santos do investimento de 5,8 biliões de euros que os países bálticos, nomeadamente Estónia, Letónia e Lituânia, têm em curso para ligar a ferrovia dos seus países à Polónia e, a partir daí, a quase toda a Europa, considerando o mesmo “fundamental” para a competitividade da economia, num total de 870 quilómetros em bitola UIC, vulgo bitola europeia.

“Como V.ª Ex.ª tem o segredo das soluções tecnológicas que permitem resolver o problema das diferenças de bitola de forma competitiva com menos investimento e na suposição de que não o queira levar para o outro mundo, sugiro que esclareça esses países do enorme desperdício de dinheiro que estão a cometer”.

Usando de ironia, o antigo empresário dos moldes sugere que o Ministro partilhe as suas ideias com “os nossos vizinhos espanhóis que lidam com este problema nas suas fronteiras há muitas décadas e ainda não perceberam a maravilha que são as soluções tecnológicas do Sr. Ministro”.

Contactado pelo nosso jornal, Henrique Neto refere que “nunca” teve qualquer resposta, “nem os companheiros que me acompanham há quatro anos no grupo do Manifesto de "Portugal uma ilha ferroviária" e que igualmente escreveram cartas sem resposta. O pior é que o ministro não responde aos portugueses sobre como se vai a ferrovia portuguesa ligar à Europa”.

Recorde-se que no início de setembro, o Ministro das Infraestruturas apontou falhas na Europa em matéria de interoperabilidade, mas afastou, para já, uma migração total da bitola ibérica para a europeia face à dimensão do investimento.

Entretanto, no final do mês, o presidente da CP – Comboios de Portugal, Nuno Freitas, anunciou a saída da empresa pública antes do final do seu mandato, por já ter “cumprido” a sua missão. Já o Ministro Pedro Nuno Santos lamentou aos jornalistas esta demissão, que ocorre alegadamente devido a problemas burocráticos que dificultam a gestão da empresa.

e-max.it: your social media marketing partner