Decorrem este mês e prolongam-se até setembro os trabalhos de desobstrução e limpeza das valas e linhas de água urbanas existentes no concelho da Marinha Grande, numa extensão superior a 41 quilómetros

 

A medida, dinamizada pela autarquia, representa um investimento de 11 mil euros (mais Iva), com vista à “melhoria das condições de escoamento da água em situações normais e extremas, garantindo a minimização das situações de risco para pessoas e bens, em situações de cheia”.


Está prevista a remoção de vegetação e de outros resíduos que possam impedir a livre circulação de águas, bem como a proteção das áreas contra a erosão provocada pelas cheias.


Em nota de imprensa, o Município recorda que no aglomerado urbano este tipo de intervenção é da sua responsabilidade, nos termos descritos na Lei da Água, mas que fora dos aglomerados urbanos é da competência dos proprietários a manutenção do bom estado de conservação e limpeza nas parcelas confinantes com leitos e margens de águas públicas.


Vão ser intervencionadas as ribeiras de Albergaria, Tecelão, Embra, Bernardas, Salgueiro, Figueiras, Forno da Telha, Pedrulheira, Gaeiras, Trutas, Valdreanes e Escoura, na Freguesia da Marinha Grande; Barqueiro, Talhões da Vieira e Ribeira dos Talhões da Praia da Vieira, na Freguesia de Vieira de Leiria; e ainda as ribeiras existentes na Freguesia da Moita, e que não foram identificadas no comunicado.

 

e-max.it: your social media marketing partner