A EFC Rally Team, composta pelos pilotos Ernesto Cunha e Tânia Cuco, conseguiu em 2020, e apesar da pandemia, resultados positivos na sua temporada de estreia nas provas desportivas em Portugal


Ernesto Cunha, que este ano foi navegado por José Patrício, Valter Cardoso e André Couceiro, foi o terceiro piloto português com mais provas realizadas na temporada 2020. Num total de 9 ralis iniciados, o piloto que este ano apostou na internacionalização da carreira, terminou a temporada com um pódio no Campeonato de Portugal de Duas Rodas Motrizes (3.º lugar) e ainda um 2.º lugar no European Rally Trophy Iberian (ERT2).

"Estou naturalmente orgulhoso destes resultados mas também da evolução conseguida ao longo de uma temporada difícil e marcada pela pandemia. O desporto automóvel provou que, com responsabilidade, é possível continuar a prática desta atividade e nós fomos um dos rostos dessa vontade de mostrar que é viável. Participámos em 9 ralis, conseguimos bons resultados e atingimos dois resultados de destaque ao nível Geral dos campeonatos onde participámos. A Peugeot Rally Cup Iberica foi sem dúvida uma grande aventura e queremos manter a aposta internacional em 2021", destacou o piloto.

Já Tânia Cuco, que se estreou no Rali Vidreiro, mostra-se satisfeita com esta aventura. "Queria começar por agradecer à Helena Maia, minha navegadora, que aceitou este desafio de participar comigo no Campeonato de Portugal de Ralis. A experiência não foi perfeita, uma vez que o cancelamento da prova acabou por não nos permitir acumular todos os quilómetros que gostaríamos. Ainda assim, esta é uma experiência para repetir e aprimorar o mais brevemente possível”.

e-max.it: your social media marketing partner