Rafael Cardeira e Helena Maia regressam, já este fim de semana, ao Renault Clio R3T para disputar a última ronda do Campeonato de Portugal de Ralis, o Rali de Mortágua

 

Ainda com possibilidade de vencer a classe RC3N e hipóteses de subir ao pódio final do Campeonato de Portugal Duas Rodas Motrizes, o piloto do Sporting Clube de Portugal ataca o segundo desafio da temporada disputado em pisos de terra com muita vontade de fazer mais e melhor.

“Temos objetivos claros para esta prova e o principal passa por disfrutar de mais uma experiência em pisos de terra, no qual somos ainda pouco experientes, e claro terminar o rali. Se vencermos, temos algumas hipóteses de triunfar no Campeonato de Portugal de Ralis RC3N e ainda, eventualmente e mais remotamente, a possibilidade de subirmos ao pódio final do Campeonato de Portugal de Duas Rodas Motrizes”, começou por afirmar o piloto do Sporting CP, antes de explicar que “para esta prova fizemos já um teste muito positivo que nos permitiu voltar a adaptar ao ‘kit’ de terra do Renault Clio R3T. Estamos preparados para o desafio e com muita vontade de enfrentar esta que é a última ronda do CPR. Esperamos contar com o apoio dos adeptos do Sporting CP nesta prova, até porque quando se fala de decisão de títulos: ‘Onde vai um, Vão todos!’”.

A oitava e derradeira ronda do Campeonato Nacional vai para a estrada esta sexta feira e sábado, bem no centro do país, em Mortágua, numa prova organizada pelo Clube Automóvel do Centro. Com oito especiais programadas, todas disputadas no dia de sábado, a competição contará com um total de 189.17km, dos quais 104.34km contra o cronómetro.

e-max.it: your social media marketing partner